Salamandra

Salamandra é uma espécie de criaturas encontradas no mundo de Myríade. Elas vivem nas profundezas dos vulcões ao sul do reino de Vulcannus, e raramente são encontradas em outras regiões. Nenhum humano é capaz de ver uma salamandra em seu habitat natural, devido às altas temperaturas. Por isso, grande parte do conhecimento sobre elas foi trazido pelos pistiros.

As salamandras comumente andam sobre quatro patas, mas são capazes de levantar as patas dianteiras, empinando por um breve momento. Possuem uma cauda longa e escamas por toda a pele. O corpo é adaptado à dieta carnívora, com longas garras e presas afiadas, além de um olfato bem desenvolvido que lhes permite rastrear presas a quilômetros de distância. Possuem asas, mas não são capazes de voar. Seus olhos mudam de cor de acordo com fatores internos, como o sentimento de dor, fúria, prazer, etc. Tanto as garras quanto as presas possuem um veneno fatal, e elas são capazes de cuspir fogo, como forma de defesa e ataque.

A anatomia das salamandras não lhes permite articular palavras, mas elas são capazes de comunicar-se entre si, ou até mesmo com os pistiros, através de grunhidos, expressões corporais ou de formas criadas nas chamas. Sua natureza é agressiva, porém é possível treiná-las. Na antiguidade, quando elas eram mais numerosas, reuníam-se em grupos para caçar os Grandes Lobos da Montanha.

Salamandra